Vendas de smartphone: Apple e Samsung descem; Huawei sobre nas vendas

O ano passado foi um ano bastante difícil para todas as fabricantes no mundo dos smartphones, exceto para a Huawei e a Xiaomi, que enfrentaram algumas dificuldades em algum momento do ano. De fato, de acordo com os dados da IDC, os envios de smartphones diminuíram 4,1%, marcando assim o pior ano para os smartphones.

No geral, 1,404 mil milhões de dispositivos foram enviados ao longo de 2018. Mais uma vez, a Samsung liderou a indústria com vendas de 292,3 milhões para o ano todo e uma participação de mercado de 20,8%. Estes números são certamente impressionantes, mas representam um declínio acentuado de 8% contra os 317,7 milhões de dispositivos vendidos em 2017, de acordo com os dados da IDC. A participação de mercado da empresa também caiu 0,9%.

Pouco mais de 80 milhões de unidades atrás da Samsung está a Apple, com 208,8 milhões de envios de iPhones no ano, perdeu 3,2% em em relação aos 215,8 milhões de unidades vendidas no ano anterior. Curiosamente, no entanto, a sua quota de mercado global cresceu 0,2%, para 14,9%.

O vencedor não surpreendente em 2018 foi a Huawei. Apesar dos desafios políticos que enfrenta nos EUA e que tem enfrentado fortemente na evolução do 5G, a empresa ultrapassou os 200 milhões de vendas pela primeira vez na sua história. De fato, o número total de dispositivos enviados ficou em 206 milhões de unidades, um aumento de quase 52 milhões e representando uma participação de mercado de 14,7%, bastante perto da Apple.

Como mencionado acima, o rival chinês da Huawei, a Xiaomi também viu um forte crescimento ao longo do ano, com um ganho de quase 30 milhões de unidades, para 122,6 milhões. Completando o top 5 está o Oppo, que caiu para o 5º lugar ultrapassada pela xiaomi, mas ainda viu um leve aumento nas vendas de 1,3% para 113,1 milhões.

Olhando para os dados do trimestre recente, de outubro a dezembro, a Samsung conseguiu manter sua posição número um novamente com 70,4 milhões de unidades. No entanto, foi seguido muito de perto pela Apple e pela Huawei. Este último registou um crescimento de quase 44%, para 60,5 milhões, enquanto a Apple viu seus envios diminuírem 68,4 milhões de unidades, de acordo com os dados da IDC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here