Vai ser possível subscrever publicações no Snapchat

16 de Fevereiro de 2016
282 Visualizações

snapchat

O Snapchat tem ganho cada vez mais utilizadores e está a projetar mudanças a nível de subscrições de publicações online para maio – data ainda não confirmada oficialmente.

Assim, a start up quer deixar de ser um serviço apenas de mensagens visuais ou textuais. Há uns tempos o Snapchat já tinha acrescentado conteúdos mais informativos, como o Vox Media, Vice, Cosmopolitan, IGN, Mashable, CNN, BuzzFeed e Discovery por exemplo, e agora pretende inserir a possibilidade de um utilizador subscrever publicações online.

Com esta nova funcionalidade que o Snapchat estará a preparar, a rede social pretende dar mais destaque individualmente às plataformas e conteúdos que cada utilizador prefere. Assim, a start up pretende garantir mais tráfego para as plataformas parceiras da rede social, no entanto não descarta a hipótese da possibilidade de garantir tráfego externo para a sua app – mais uma novidade que o Snapchat estará a preparar.

Artigos interessantes

Ikea vai lançar colunas de som em parceria com a Sonos
Casa & Familia
5 Visualizações
Casa & Familia
5 Visualizações

Ikea vai lançar colunas de som em parceria com a Sonos

Bruno Peralta - 18 de Março de 2019

A Ikea está se preparando para revelar as suas colunas inteligente que vem construindo com a Sonos: a gigante de…

Como a Inteligência Artificial Pode ser Usada de Modo Malicioso contra a Segurança Cibernética
Tecnologia
12 Visualizações
Tecnologia
12 Visualizações

Como a Inteligência Artificial Pode ser Usada de Modo Malicioso contra a Segurança Cibernética

adão oliveira - 18 de Março de 2019

Se existe uma expressão que incita a imaginação e a curiosidade dos amantes de tecnologia, esta é inteligência artificial. Muitas…

Qualcomm ganha processo judicial contra Apple, mas ainda não acabou
Apple
21 Visualizações
Apple
21 Visualizações

Qualcomm ganha processo judicial contra Apple, mas ainda não acabou

José Nilson - 18 de Março de 2019

E finalmente foi decidido o vencedor da disputa judicial entra a Apple e a Qualcom. Acabando com a Qualcomm obtendo…

Comente

O seu email não será publico