Utilizadores atraídos por bots para vencer a negociação volátil das Criptomoedas

“Os bots de negociação permitem que os utilizadores superem as suas falhas de humanidade e se tornem um investidor racional”, disse o seu fundador em Pequim, Chen Yong numa entrevista em vídeo. Não quer dizer que seja garantido fazerem dinheiro, acrescenta, mas vão “pelo menos perder menos”.

Neste caso de estudo, os Algoritmos da BitUniverse, que está entre uma nova onda de startups que esperam tornar-se uma plataforma de balcão único para  pessoas normais trocarem cripto como o Bitcoin e o Éter, fornecendo-as com a liquidez de uma infinidade de trocas, ajudam os utilizadores a fazer encomendas 24 horas por dia, sete dias por semana, o que algumas bolsas oferecem mas é mais raro em corretores.

Esta corretora chinesa está a apostar que os investidores vão juntar-se à negociação de bots para capitalizar as variações de preços no mercado da criptomoeda de 300 mil milhões de dólares. A BitUniverse, uma startup que conta com a Chinesa Shunwei Capital e a ZhenFund entre os seus apoiantes, tem um volume de negociação mensal de cerca de 5 mil milhões de dólares na sua plataforma de corretagem na internet, de acordo com o fundador de Pequim Chen Yong.

E mais de 80% dos seus 100.000 utilizadores executam um algoritmo de negociação de rede todos os dias,  que automatizam comprar e vender encomendas em determinados intervalos regulares para capitalizar a volatilidade normal dos preços, disse Chen. O boom da criptomoeda dos últimos anos deu origem a grandes operadores cambiais como Binance e Huobi, mas os serviços de corretagem, que desempenham um papel importante papel nos mercados financeiros tradicionais, não são uma grande presença no mercado.

Chen, que cofundou o fornecedor de aplicativos de utilidade Cheetah Mobile Inc., iniciou a sua empresa de cripto no final de 2017, o serviço de corretagem Pionex da BitUniverse lançado há um ano e já se tornou uma ´cash-cow´ para a empresa. BitUniverse, que está incorporado em Singapura, agora ganha cerca de $3 milhões por mês, cobrando uma taxa de 0,05% por transação a comerciantes em lugares da China para a Europa e para os EUA, disse Chen. Cerca de 80% das transações da Pionex são cumprido pelos livros de encomendas sobre Binance e Huobi, disse.

Em 2018, a BitUniverse angariou cerca de 10 milhões de dólares das proeminentes empresas chinesas de capital de risco Shunwei, ZhenFund e Gaorong Capital, num valor de 50 milhões de dólares de avaliação, de acordo com a empresa. Chen dirige uma equipa de cerca de 80 pessoas, a maioria das quais são desenvolvedores vindos de empresas tecnológicas chinesas, incluindo Cheetah, Alibaba Group Holding Ltd. e Baidu Inc., disse.

Fonte: Bloomberg

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here