Universidade de Harvard expulsa 10 alunos por publicação de ‘memes’ ofensivos

A Universidade de Harvard está entre as mais prestigiadas intituições de ensino todo o mundo. Do organismo americano são reconhecidas práticas de seleção rigorosas, e estas chegaram ao ponto de expulsarem dez alunos por terem publicado nas suas contas das redes sociais ‘memes’ com conteúdos ofensivos.

Os 10 alunos de Harvard foram apanhados a publicarem vários conteúdos com teor sexista e racista, segundo aponta o Harvard Crimson. Os alunos publicaram as imagens num grupo privado do Facebook denominado “Harvard memes for horny bourgeois teens” (Memes de Harvard para adolescentes burgueses excitados).

Ainda segundo a mesma fonte, no grupo do Facebook abundavam as imagens com piadas relativas ao Holocausto, assim como piadas à morte de crianças, material racista e um post que se referia ao hipotético enforcamento de uma criança mexicana como “Hora da Piñata”.

O grupo era alimentado por participações de um alegado ritual de iniciação à Universidade de Harvard, o “Harvard College Class of 2021”. Quem cumprisse esta praxe ganhava acesso ao grupo do Facebook das piadas de mau gosto.

Os 10 alunos receberam então uma convocatória para explicarem a sua conduta perante a Universidade de Harvard, que apesar das muitas e diversificadas justificações cancelou o processo de candidatura. Para aceder a Harvard é necessário o pagamento de cerca de 2,5 milhões de dólares.

Harvard Crimson

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here