Uma nova experiência comprova (novamente) que Einstein estava correcto

A Teoria da Relatividade deu mais um importante passo de consolidação científica. A comunidade científica conduziu um teste preciso da forma como a gravidade funciona fora do nosso sistema solar e concluiu que as ideias de Einstein se aplicam a outras galáxias.

Esta é a primeira vez que a teoria de Einstein é testada numa escala tão grande quanto esta.

A teoria geral da relatividade foi proposta em 1915 por Albert Einstein. As implicações desta teoria são enormes, e ainda não estão todas testadas. Apesar de ainda faltar testar empiricamente muita coisa, a teoria é a base do nosso entendimento do universo. Até agora, a teoria tem aguentado todos os testes do tempo. E é por isso mesmo que a comunidade científica tem-se largamente baseado nesta teoria para explicar o comportamento macroscópico do nosso Universo.

Por exemplo, os cientistas sabem desde 1929 que o universo se está a expandir. Mas apenas em 1998 foi detectado que a expansão se faz a um ritmo cada vez mais rápido. A partir desta constatação, concluiu-se que uma substância misteriosa e indetectável está a contribuir para esta aceleração (a energia negra). Porém, esta conclusão só é cientificamente correcta caso se assuma que a teoria da relatividade está correcta à escala de galáxias. Até agora, isto era apenas assumido. Porém, existem agora provas empíricas que Einstein estava também correcto sobre as galáxias.

“A Teoria da Relatividade prevê que objectos massivos deformam o espaço-tempo, o que significa que quando a luz passa perto de outra galáxia o caminho da luz é desviado,” sublinhou Thomas Collect do Institute of Cosmology and Gravitation at the University of Portsmouth, que conduziu o estudo. O estudo baseou-se na observação no espaço profundo de uma galáxia próxima da nossa. Estas observações permitiram concluir que Einstein estava, mais uma vez, correcto.

63 anos depois da morte de Einstein e é como se a humanidade ainda estivesse a fazer o seu “trabalho de casa”.

Fonte: The Independent

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here