Um smartphone com 9 CÂMARAS???? A sério?

passatempo

Há uns anos através, a primeira câmara num smartphone revolucionou o mercado. Depois, as câmaras foram  melhorando, e a Huawei lançou o Huawei P9, o primeiro smartphone com duas câmaras, sendo que mais recentemente chegou o primeiro, e ainda único, smartphone com três lentes, o Huawie P20 Pro.

É verdade que a única forma de melhorar a qualidade fotográfica de forma substancial para se equiparar a câmara DSLR, é necessário mais lentes, mas a Light pode vir a fazer algo, até agora, impensável.

A informação foi divulgada durante este fim-de-semana pelo Washington Post, que indica que há uma marca que está a preparar um smartphone com nove lentes. Sim, nove câmara na área traseira do smartphone. A fabricante é a Light.

A fabricante já tinha surpreendido o mercado, quando lançou a câmara compacta L16, com nove lentes na câmara traseira e que, segundo a fabricante, pretendia combater com as DSLR, mas num formato mais compacto. Com tantas lentes, o resultado final era uma fotografia de 52MP, permitindo configurações pós-fotografia como a focagem e a exposição.

O Light L16 corria Android, conta com wifi e o zoom integrado vai dos 35mm até aos 150mm. Também conta com um ecrã touchscreen de 5 polegadas. E, parece que é baseado neste equipamento que a Light também está a planear um novo smartphone.

Segundo o Washington Post, num artigo sobre o futuro dos smarpthone, indica que a Light, juntamente com a Foxconn que é um dos investidores na empresa, irá anunciar um smartphone deste tipo até ao final do ano, o que irá revolucionar o mercado. Então e o preço? A câmara custa 2050€, portanto qual é que será o valro do smartphone? Certamente que não será mais barato.

No entanto, esta informação deixa-nos uma grande dúvida. Não serão lentes a mais? O que é mais importante, melhorar a qualidade fotográfica, ou ter um smartphone que se pareça… com um smartphone?

Bem, a verdade é que este produto pode mesmo vir a ser apresentado, já que a câmara Light L16 conta com Android e apesar de ter de inovar com alguns truques de engenharia, não é de todo impossível. Veremos é se o Android funcionará bem e qual o processador que será utilizado. É que o Snapdragon não está preparado para gerir tantas lentes, portanto como é que será o desempenho do smartphone em aplicações e jogo?

Sem dúvida, que o futuro parece ser muito estranho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here