UE tem Apple “debaixo de olho”

Red Magic 3S

apple_2385296b, A União Europeia (UE) está a monitorizar a Apple. Em causa estão queixas de algumas operadoras de telecomunicações da Europa endereçadas à Comissão Europeia, acerca de eventuais práticas anticompetitivas relacionadas com a distribuição do iPhone e do iPad.

Embora não tenham sido formalizadas, as denúncias referem contratos abusivos, no que às questões relacionadas com o marketing, publicidade e quotas de distribuição dos produtos dizem respeito.

Aquilo que acontece é que a Apple vende os produtos às operadoras em vários lotes e, caso a procura seja fraca, os produtos correm o risco de não terem escoamento. Também a publicidade obriga a um grande investimento por parte das operadoras e é apenas focada num determinado equipamento, o que prejudica as práticas concorrenciais.

“A Comissão soube de práticas de distribuição da Apple para iPhone e iPad mas não houve qualquer reclamação formal“, afirmou o porta-voz da Comissão Europeia, Antoine Colombani. “Monitorizamos habitualmente este mercado e vamos com certeza intervir caso haja indicações de comportamento anticompetitivo em detrimento dos consumidores”, acrescentou.

Em sua defesa, a Apple afirmou que os contratos “respeitam as leis locais” onde estão sediados os negócios, incluindo as leis da UE.

Não é a primeira vez que a apple está sob vigilância da UE. Há cerca de três anos atrás, as práticas de negociação dos iPhones da empresa foram monitorizadas, mas a investigação não surtiu grandes resultados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here