UE sanciona países por atraso na implementação do 4G

EU

Metade dos países europeus estão atrasados na implementação do 4G conforme foi acordado entre a Comissão Europeia e os Estados-Membros.

A União Europeia veio hoje informar que concedeu autorizações para o prolongamento dos trabalhos na disponibilização do 4G no seguintes países: Espanha, Chipre, Lituânia, Hungria, Malta, Áustria, Polónia, Roménia e Finlândia.

Segundo o site do semanário Sol a Comissão Europeia “recusou derrogações à Eslováquia e à Eslovénia, dado que os atrasos se deviam à organização do processo de autorização e não a circunstâncias excepcionais que impedissem a disponibilidade daquela faixa”.

A vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes afirmou que “concedemos a nove países derrogações temporárias e limitadas para os 800 MHz. Esta concessão é pragmática e é a última. Qualquer atraso na libertação de espectro prejudica a nossa economia e deixa insatisfeitos os cidadãos. É por este motivo que a reforma do espectro será um elemento central na proposta relativa ao mercado único das telecomunicações, que a Comissão apresentará em Setembro”.

Portugal não consta em nenhuma das listas por ter cumprido os prazos estabelecidos. A União Europeia está sensível a esta situação pois muitas empresas deixam de lançar determinados dispositivos na Europa por não terem acesso à rede 4G. Por outro lado,  muitos cidadãos possuem também smartphones com esta tecnologia mas não podem usá-la pois o 4G é inexistente.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here