UE sanciona países por atraso na implementação do 4G

EU

Metade dos países europeus estão atrasados na implementação do 4G conforme foi acordado entre a Comissão Europeia e os Estados-Membros.

A União Europeia veio hoje informar que concedeu autorizações para o prolongamento dos trabalhos na disponibilização do 4G no seguintes países: Espanha, Chipre, Lituânia, Hungria, Malta, Áustria, Polónia, Roménia e Finlândia.

Segundo o site do semanário Sol a Comissão Europeia “recusou derrogações à Eslováquia e à Eslovénia, dado que os atrasos se deviam à organização do processo de autorização e não a circunstâncias excepcionais que impedissem a disponibilidade daquela faixa”.

A vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes afirmou que “concedemos a nove países derrogações temporárias e limitadas para os 800 MHz. Esta concessão é pragmática e é a última. Qualquer atraso na libertação de espectro prejudica a nossa economia e deixa insatisfeitos os cidadãos. É por este motivo que a reforma do espectro será um elemento central na proposta relativa ao mercado único das telecomunicações, que a Comissão apresentará em Setembro”.

Portugal não consta em nenhuma das listas por ter cumprido os prazos estabelecidos. A União Europeia está sensível a esta situação pois muitas empresas deixam de lançar determinados dispositivos na Europa por não terem acesso à rede 4G. Por outro lado,  muitos cidadãos possuem também smartphones com esta tecnologia mas não podem usá-la pois o 4G é inexistente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here