Uber pode abrir falência por causa do processo da Google

A Uber poderá ter de abrir falência em virtude do processo judicial interposto pela Waymo, o braço da Google que tem em mãos o projeto de desenvolvimento de automóveis de condução autónoma. Neste processo a Google procura impedir a Uber de utilizar a tecnologia de condução autónoma desenvolvida pela Google.

Na causa judicial da Google, assinada pela Alphabet, a Uber é acusada de roubar informações confidenciais sobre os sensores Lidar que a Waymo desenvolveu. Este é componente vital da tecnologia de condução autónoma.

A vitória da Google sobre a Uber na justiça americana pode ditar a falência da Uber, conforme é anunciado pelo site BoingBoing. A derrota em tribunal pode fazer a startup, que goza de uma faturação ímpar a nível mundial, de conseguir captar dinheiro de investidores.

Nos últimos tempos a Uber tem registado prejuízos financeiros entre dois a três mil milhões de dólares por ano. Além destes buracos a Uber enfrenta ainda pesadas acusações de assédio sexual nos quadros da empresa assim como a denúncia de um programa ilegal para alertar sobre a presença de polícia e entidades de fiscalização na estrada.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here