Uber gera nova polémica com alteração da política de utilização de dados dos clientes

uber-polemica-dados-e-privacidadeA Uber volta a estar novamente no cerne de uma polémica, taxistas à parte, a alteração por parte da própria empresa da política de utilização dos dados dos clientes está a gerar indignação.

A mudança nos termos e condições de uso e privacidade foi operada de forma silenciosa e discreta pela empresa, que agora, afirma reservar-se ao direito de fazer quase o que pretender, sem precisar do consentimento e sem limite de tempo com os dados proporcionados pelos milhões de utilizadores que recorrem à aplicação.

A cláusula que está a gerar esta nova polémica que envolve a Uber pode ser lida nos “Termos e condições” no artigo 3 – “A utilização dos Serviços da Uber pelo Utilizador” na secção “Conteúdo Fornecido pelo utilizador.”.

Em seguida deparamos com uma frase curiosa: «Contudo, ao fornecer Conteúdo de Utilizador à Uber, o Utilizador está a conceder à Uber uma licença mundial, perpétua, irrevogável, transferível, isenta de direitos autorais (“royalties”), para utilizar, copiar, modificar, criar obras derivadas, distribuir, apresentar e executar publicamente, e de outra forma explorar, sob qualquer modo, tal Conteúdo de Utilizador, em todos os formatos e canais de distribuição conhecidos ou futuramente concebidos (incluindo em relação aos Serviços e à atividade da Uber e em sites e serviços de Terceiros), sem aviso ou consentimento prévio do Utilizador, e sem a necessidade de qualquer pagamento ao mesmo ou a qualquer outra pessoa ou entidade».

Ou seja, por outra palavras, a Uber reserva-se o direito de fazer praticamente o que quiser com o conteúdo enviado pelos utilizadores da aplicação, desde agora e para sempre, sem ter que avisar ou pedir autorização aos utilizadores.

O conteúdo enviado para a Uber envolve dados variados, sem que a empresa especifique. Estão englobados no exemplo dado pela Uber: texto, material audiovisual, comentários, feedback sobre a app, pedidos realizados junto do serviço de ajuda ao cliente, assim como participação em concursos e promoções realizadas pela Uber.

Alteração realizada nos EUA sem adaptação à Europa

Os termos de utilização foram alterados nos Estados Unidos da América, não se tendo a empresa esforçado a refletir as necessárias adaptações às normas e regulamentos em vigor no espaço europeu. Neste caso poderá intervir muito em breve a comissão Europeia, que ainda há poucos dias recomendou com intensidade o WhatsApp a modificar a política de troca de dados com o Facebook.

Fonte: Uber

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here