Twitter vai ter publicidade

Será que és daquelas pessoas que não gosta de publicidade à volta dos artigos, ou, pelo contrário, é indiferente e por vezes clicas na publicidade? Pelos vistos, a moda continua.

Depois de ter sido colocada publicidade em tudo o que era sitio na Internet, agora vem mais um. Das poucas redes sociais onde não existia publicidade, achou que os lucros possivelmente não estariam agradáveis, e resolveu que deverá colocar publicidade. Essa rede é o Twitter.

Segundo o Financial Times, os banners de publicidade vão aparecer na timeline, onde até agora surgiam mensagens de outros utilizadores.

Segundo alguns analistas, o Twitter poderá arrecadar cerca de 100 milhões de dólares (35 vezes menos que o Facebook).

Perante mais uma rede a juntar-se ao advertising, prevê-se que, um dia, todos nós possamos colocar publicidade nas nossas sms e emails, ganhando algum dinheiro com isso. Seria um óptimo subsídio de férias.

8 COMENTÁRIOS

  1. Eu não gosto é de sites de notícias cheios de erros ortográficos.
    “publicidade há volta dos artigos, ou pelo contrário é (…)”
    À volta, e não HÁ volta. HÁ é do verbo haver 😉
    Se este site fosse brasileiro, até se desculpava, mas sendo português…

  2. “A única rede social onde não existia publicidade, achou que os lucros possivelmente não estariam agradáveis o suficiente e resolveu que deverá colocar em breve publicidade. Essa rede é o Twitter.”

    É melhor fazerem um trabalho jornalistico melhor, acho que eu usando o Google faço melhor que vocês, tipicos jornalistas portugueses… Vão a http://www.tumblr.com/ e fiquem a conhecer o Tumblr, uma rede social sem publicidade, mas há mais. Afinal o Twitter não é o unico. Enfim, mediocridade portuguesa…

  3. Caro Pedro Figueiredo,
    Escrever para outros lerem, traz-nos responsabilidades acrescidas. Se, para um chat, é-nos permitida uma liberdade quase sem limite, na forma como introduzimos os carateres, para uma notícia, existem códigos especificos e, acima de tudo, a obrigatoriedade de escrever sem erros gramaticais – já para não falar nos erros ortográficos, que hoje, para quem tem uma coluna sobre internet e novas tecnologias, não se percebe porque não utiliza um qualquer corretor ortográfico online e gratuito, para evitar publicar um texto como a notícia acima.
    Esperamos melhor.
    Cumprimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here