Twitter reverte decisão de alterar a linha cronológica

O Twitter reverteu a sua decisão de introduzir um feed projectado por algoritmos como a única opção padrão na rede social. A empresa anunciou uma nova actualização: “Alteramos a linha do tempo e removemos a experiência com separadores de momento, enquanto exploramos outras opções”. Este episódio ocorre após um feedback negativo da comunidade do Twitter sobre o novo design da plataforma social que tinha sido apresentado no passado dia 10 de Março.

Numa publicação na conta de apoio aos utilizador, o Twitter refere que ouviu as queixas dos utilizadores, retornando à antiga timeline. “Nós ouvimo-vos– alguns de vocês querem ver sempre os tweets mais recentes primeiro”, anunciou a empresa.

“Levamos o feedback a sério e, neste caso, ouvimos que o novo Home & Latest fixado não estava a fornecer um nível de controlo sobre a linha do tempo que o utilizador deseja”, asseverou Shaokyi Amdo, porta-voz do Twitter, em comunicado ao The Verge.

No entanto, com base no que os executivos disseram, parece que o Twitter pode estar a investigar outras possíveis mudanças na linha do tempo no futuro. “Dar às pessoas a escolha e o controlo sobre a sua experiência no Twitter é muito importante”, disse o recém-nomeado vice-presidente de produtos de consumo do Twitter, Jay Sullivan.

“Vou trabalhar nisso. Fiquem ligado”. Sullivan acrescentou que esperava que a plataforma pudesse alcançar “um bom equilíbrio para todos”.

Esta não é a primeira vez que uma empresa de tecnologia dá um passo atrás em relação a uma funcionalidade. Este tipo de situação demonstra que muitos utilizadores têm preferência por um feed cronológico.

No que diz respeito ao Twitter, os utilizadores acedem à plataforma, de forma a obter informações em primeira mão quando há notícias de última hora. Logo, se a empresa dificultar o acesso a esse recurso do site, não será benéfico para a sua audiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui