Trabalhadores da Amazon Ring despedidos por terem acedido aos vídeos dos usuários.

Red Magic 3S

A empresa Ring que pertence à Amazon faz instrumentos de segurança de casas. Esta empresa admitiu ter despedido quatro empregados por terem acedido aos vídeos dos usuários.

O assunto foi abordado numa carta dirigida ao senador em resposta à situação sobre as práticas de segurança da empresa. Em cada caso, os empregados tinham autorização para visualizar os vídeos mas o acesso estava a exceder o que era necessário para realizar as funções do trabalho.

Neste momento a empresa enfrenta questões de privacidade dos seus equipamentos devido a esta situação. Em novembro a Amazon recebeu cinco cartas enviadas por senadores democráticos com um conjunto de questões sobre segurança, incluindo o porque dos trabalhadores no escritório ucraniano da Ring terem acesso aos vídeos.

Numa resposta detalhada por parte da Amazon, a empresa disse que os empregados só poderiam ver vídeos públicos e vídeos de empregados ou amigos que tenham dado consentimento. Em adição, apenas um número muito limitado de empregados, nomeadamente três, tem a capacidade de ter acesso aos vídeos dos clientes.

Durante quatro anos a Amazon recebeu quatros queixas referentes a este tema. Segundo a empresa todos os casos foram investigados e os empregados envolvidos despedidos. Apesar do facto de cada individuo ter autorização para ver informações de vídeos, a tentativa de acesso a essa informação excedia o necessário para realizar as suas funções.

A empresa não quis revelar mais detalhes sobre o assunto em questão mas deixou sempre bem claro que trabalhava no sentido de ter sempre limitado o número de pessoas com acesso a todos os vídeos.

No ano passado existiram várias noticias sobre a segurança dos dispositivos em questão, que incluíam câmaras internas e externas e campainhas smart. Ações legais foram tomadas por um residente do Alabama onde alegou que um estranho comprometeu o bom funcionamento da sua câmara exterior.

Também existiu uma situação em que um estranho falou com a filha de um cliente através da câmara Ring interior da família. Uma família da Florida também afirmou que uma frase de carácter racial foi dita através da sua câmara interna, entre outras queixas.

No CES é demonstrado dispositivos de segurança para casas de várias marcas pelo que o produto tem clientes, só se espera agora que as questões de privacidade da Ring da Amazon se resolvam.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here