Toyota Supra pode contar com caixa manual muito em breve

Red Magic 6S

O Toyota Supra é talvez uma das maiores obras primas japonesas, baseado inicialmente na no Toyota Celica, este desportivo conta com estas linhas agressivas mas muito atraentes. Dada a sua potência, a equipa nipónica sempre procurou algo que o fizesse agarrar ao asfalto, desde o spoiler traseiro, ao controlo de tração, bem como, ao grandes fortes travões que garantem a segurança dos passageiros.

O Supra foi produzido desde 1978 até 2002, altura em que a Toyota decidiu abandonar a produção deste desportivo em virtude de outros. Contudo, quando menos se esperava, em 2019 a Toyota volta com uma edição totalmente reformulada do Supra — apenas o espírito permaneceu, porque a estética e o desempenho mudaram —, há quem diga que para melhor, outros para pior.

Segundo uma publicação da revista japonesa, Mag X, o coupé desportivo pode estar prestes a contar com um novo elemento ainda mais entusiasmente para os fãs do Toyota Supra — uma caixa de velocidades manual — algo que não estava presente no modelo apresentado em 2019 e que foi sentido pela ala mais conservadora do mundo automóvel. Sabemos que uma caixa manual vai ser sempre uma caixa manual, no entanto, as caixas automáticas de dupla embraiagem têm feito milagres, especialmente com as patilhas no volante.

Os entusiastas de veículos nipónicos, em particular da Toyota, sempre manifestaram a sua vontade em ter a opção de escolher na gama Toyota GR Supra, com uma opção de caixa manual, em vez da atual caixa de oito velocidades — que se tem mostrado, também neste modelo, bastante competente. O controlo humano ainda continua a ser o mais preciso em diversas situações do dia-a-dia da condução, em particular, da desportiva.

De acordo com a Toyota, o Supra já tinha estado debaixo de rigorosos testes para colocar a ideia da troca manual de marchas em prática, no entanto, nada fazia parecer que isso fosse realmente passar da teoria à prática, no entanto, mediante o relatório divulgado pela Mag X, parace que vamos contar com os resultados dos protótipos na comercialização deste opção de caixa manual — ainda sem informações quanto ao número de relações e de como o desempenho será afetado.

A construtora nipónica tem estado numa constante atualização desta linha tão antiga e exclusiva da marca, no entanto, ainda teremos que esperar por uma revelação oficial por parte da Toyota. As mais recentes alterações ou implementações no modelo Supra são o novo e renovado motor de quatro cilindros na para a versão mais básica, bem como, uma versão de seis substancialmente mais potente.

O desempenho de motores que estejam casados com caixas automáticas de dupla-embraiagem, nesta altura do campeonato, terão sempre um desempenho geral maior do que versões com troca manual de marchas, no entanto, no caso do Toyota Supra, temos quase a certeza de que não irá afetar o entusiamo da comunidade.

Para além desta nova inclusão, espera-se também que a Toyota faça uso do novo BMW M3 6 cilindros em linha turbo para elevar a capacidade dinâmica deste veículo a outro nível, chegando mesmo a poder entrar num confronto direto com o mais recente 718 Cayman da Porsche — muito graças aos 500 cv de potência.

Fonte CarBuzz

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here