The Boring Company: Elon Musk recebe aprovação para expansão de sistema de túneis

O sistema do bilionário e carismático Elon Musk para a expansão do sistema de túneis de transporte em Las Vegas, foi aprovado pelas autoridades locais. O túnel, também conhecido como “Vegas Loop”, prevê que carros Tesla possam circular numa rede de túneis especificas para Teslas, até ao Las Vegas Strip, conhecido por ter a maioria dos casinos e hotéis, bem como o Aeroporto Internacional McCarran.

De momento, já existe o Las Vegas Convention Center Loop, um sistema mais pequeno que serviu, de certa forma, para testar o projeto. O da The Boring Company vai ter mais de 46 quilómetros de túnel e 51 estações. Estima-se que possam circular cerca de 57.000 passageiros por hora.

Segundo é avançado pelo Las Vegas Review Journal, a empresa pretende pagar todas as despesas de construção dos túneis com fundos próprios, mas quer negociar com casinos, hotéis e outros estabelecimentos que possam vir a ter interesse em ter uma estação própria do “Vegas Loop”. Em caso de interesse, deverão cobrir os custos de construção.

blank

Davis disse que uma viagem de 5,8 milhas entre o Centro de Convenções de Las Vegas e o Estádio Allegiant demoraria 4 minutos e custaria US $ 6 por veículo.

A The Boring Company planeia criar sistemas de transporte semelhantes noutras cidades norte-americanas. A meio deste ano, mais concretamente em julho, a empresa apresentou uma proposta para a Fort Lauderdale, situada na Flórida. No mês de Setembro a empresa ficou a saber que o seu projeto foi aprovado e, desde então, a The Boring Company, encontra-se a negociar com o governo local.

No que respeita a este último projecto, já foi divulgado publicamente que será composto por dois túneis de cerca de quatro quilómetros, e que o principal objetivo é ligar a praia à cidade. O túnel terá o nome de “Las Olas Loop”. À semelhança do “Vegas Loop”e apenas os carros Tesla poderão circular.

Fonte: Review Journal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here