Testa contorna escassez de chips e vender 241.300 no terceiro trimeste

A Tesla resistiu à atual tendência mais ampla da queda de vendas provocada pela escassez global de chips no terceiro trimestre deste ano, ao conseguir vender 241.300 carros num total de 102.000 veículos a mais do que no mesmo trimestre do ano passado. Este é novo um recorde máximo, pois a Tesla nunca tinha conseguido vender tantos carros num só trimestre (e para alguma perspetiva adicional, a empresa vendeu 367.500 em todo o ano de 2019).

A empresa conseguiu entregar mais veículos mais uma vez, apesar das outras principais montadoras virem as suas vendas a cair no último trimestre. A General Motors, maior montadora dos Estados Unidos, disse na manhã de sexta-feira que vendeu apenas 446.997 veículos no terceiro trimestre, o que representa uma queda de 33 por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

A Tesla evitou estes problemas semelhantes em parte porque tem vindo a procurar diferentes semicondutores e reescrito o software em tempo real para fazer esses chips funcionarem no lugar dos que não estão disponíveis atualmente. Além disso, a empresa continua tendo fortes vendas na China, onde começou a fabricar e vender veículos no início de 2020. O SUV Modelo Y também se tornou uma opção popular nos Estados Unidos, e a Tesla também começou a vendê-los na Europa.

blank

Segundo a tesla ainda irão entrar mais em produção e deve entrar em operação nos próximos meses, também, já que a Tesla construiu uma parte enorme da sua fábrica em Austin, Texas e está finalmente a passar por algumas das últimas aprovações para começar a operar a sua nova fábrica fora de Berlim, Alemanha. Isso pode levar ao atraso de alguns produtos, como o Cybertruck e o Roadster de segunda geração.

Fonte: Freep

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here