Tesla forçada a interromper construção de Gigafactory em Berlin

Red Magic 5G

A empresa Tesla foi forçada a interromper a construção da sua GigaFactory em Berlim devido a contestações ambientais.

Segundo ordem de um tribunal Alemão, a Tesla têm de interromper temporariamente a construção da sua fábrica após contestações de activistas locais acerca do impacto que a mesma irá ter na vida e fauna selvagem bem como nos fornecimentos de água. A empresa construtora de carros eléctricos está neste momento a construir a sua mega fábrica em uma zona florestal de cerca de 92 hectares em Gruenheide, perto de Berlim, onde espera vir a ser a sua Gigafactory Europeia.

A Tesla já tinha anunciado os seus planos para esta fábrica em Novembro 2019, mas na realidade ainda não tinha tido qualquer permissão oficial para avançar com a construção da mesma. No entanto, e de acordo com o ministro do ambiente Alemão, a Tesla poderia avançar com a preparação da construção no local “por sua conta e risco”.

Surgiu entretanto um grupo local de activistas chamado Gruene Liga Brandenburgn que se manifestaram com as preocupações da construção da fábrica a nível de trabalho, e todo o meio ambiente em redor da cidade. A Tesla têm 3 dias para parar temporariamente a construção, de modo a ser analisado e validado as razões dos protestos dos activistas. Espera-se ainda que durante esta semana mais audiências sejam feitas e que surjam mais notícias.

Segundo a agência noticiosa Reuters, advogados de 2 partidos políticos, o Democrata Cristão e o Democrata Livre têm algum receio de que a batalha judicial possa causar danos ao próprio país a nível económico-financeiro.

Mas a Tesla não têm sido a única a enfrentar problemas na Alemanha. Já em 2018, a Google acabou por abandonar também o seu plano de começar uma start-up nos arredores de Berlim exatamente pelos mesmos motivos ambientais e de forma semelhante causados por um grupo local de protestos. Ao todo a Tesla adquiriu um total de 300 hectares para a sua fábrica onde estaria previsto a sua inauguração em 2021. Eventualmente estaria nos planos da empresa a produção anual de 500,000 automóveis e empregar cerca de 12,000 trabalhadores.

Segundo a BBC, a empresa já afirmou que iria repôr todas as colónias de formigas, répteis e morcegos que possam vir a ser afectadas pela construção da fábrica. Já em Janeiro foram encontradas 7 bombas da Segunda Guerra Mundial no local que a Tesla acabou por adquirir para as suas instalações.

Fonte: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here