Tesla em Autopilot colide com carro da polícia

Sábado de manhã no Connecticut: mais um acidente com um Tesla em Autopilot. Desta vez a vitima foi um carro da polícia e outro veículo que estava estacionado.

O condutor tinha ligado o Autopilot para ver o cão que estava no banco de trás.

Nao é a primeira vez que há acidentes com um Tesla em piloto-automático. Mas, apesar dos avisos do fabricante de carros elétricos, os condutores continuam a acreditar que o modo “Autopilot” é capaz de proporcionar uma conducao autónoma total. A Tesla não recomenda tirar as maos do volante enquanto se usa essa função. No site do fabricante, este afirma que os novos automóveis vêm equipados “com hardware avançado capaz de proporcionar funcionalidades de piloto automático hoje, e capacidades de condução autónoma total no futuro”.

Mas os donos de Teslas parecem ter mais fé nas capacidades desta função do que a própria empresa. Recentemente, começaram a aparecer vídeos de condutores de Teslas a dormir ao volante. A volta deles o transito segue normalmente, enquanto eles passam, às vezes a grande velocidade, pelos outros veículos completamente alheios ao que se está a passar.

Desta vez o condutor estava acordado, mas ocupado com o cão que ia no banco de trás. O carro embateu contra um veículo da polícia que se encontrava parado atrás de um veículo avariado, e continuou a empurrar o carro da polícia de maneira que este acabou por bater no outro carro.

O acidente não causou feridos, mas já houve 5 mortes em todo o mundo causadas por Teslas em piloto-automático.

O condutor foi acusado de condução perigosa e as autoridades reforçaram o conselho: qualquer que seja o carro que conduz, não tire as mãos do volante.

Fonte: BBC

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here