Tesla culpa a sua arrogância no incumprimento do objetivo de vendas

Tesla-Motors-symbol

Com todas as atenções centradas no novo Model 3, a Tesla libertou ontem silenciosamente um comunicado de Imprensa com os seus resultados de entregas de novos automóveis relativos aos primeiros quatro meses de 2016. Neste período a Tesla entregou 14.820 automóveis, um valor que inclui as entregas dos modelos Model S (12.420 unidades) e Model X (2400 unidades). Pode parecer impressionante mas a marca havia definido como objetivo a entrega de 16,000 automóveis.

Esta baixa de entrega de novas unidades não deverá ser motivo de preocupação, já que a viabilidade da Tesla a longo prazo estará assegurada pelo sucesso garantido (mas ainda não concretizado) do Model 3. Esta falha nos resultados da empresa de Elon Musk aponta para a decepcionante capacidade de produção, já que por aqueles lados encomendas é coisa que não faltam.

A Tesla aponta como causas do incumprimento falhas de entrega de peças por parte de fornecedores. No comunicado pode ler-se uma caricata explicação de que estes cortes ficam a dever-se ao facto da empresa ter lançado o demais sofisticado Model X demasiado cedo.

Apesar deste registo, o interesse na grande berlina Model S não pára de aumentar a nível mundial e as encomendas dos primeiros quatro meses de 2016 superam em 45% as que foram registadas no mesmo período do ano passado.

Fonte: Tesla

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here