Tesla considerada inocente do acidente de Maio de 2016

Foi em Maio de 2016 que Joshua Brown perdeu a vida quando o seu veículo colidiu com um camião. O condutor em questão conduzia um Tesla em modo de piloto automático, o que levantou dúvidas quanto às causas do acidente.

Foi feita uma investigação ao caso e, embora se tenha posto em dúvida se a Tesla iria retirar os seus carros semi-automáticos nos Estados Unidos, nada disso irá na verdade acontecer.

Os resultados mostram o que já se suspeitava: o condutor estava distraído e não tomou medidas para evitar o acidente. Embora os veículos da Tesla estejam a evoluir no sentido de se tornarem cada vez mais autónomos, a sua condução ainda exige perfeita atenção do condutor. Ora na altura do acidente o condutor não utilizou nem o volante nem os travões para o evitar.

Segundo a investigação, o veículo não se encontra com nenhum defeito que afecte a segurança do mesmo.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here