Tecnologia a apoiar a pesca!

Hoje anunciou-se um projecto, Tidal, que tem o objectivo de preservar a capacidade que o oceano tem de suportar vida e de ajudar a sustentabilidade do Ser Humano. O primeiro passo é desenvolver tecnologia que nos possa dar um melhor entendimento do que está a acontecer debaixo de água. Esta ação terá um maior foco na ajuda nos produtores de peixe a gerir e fazer crescer as suas operações de um modo o mais amigo do ambiente possível.

O gerente do Tidal, Neil Davé afirma que a humanidade está a puxar o oceano para além do seu ponto de rutura mas que nós não podemos proteger o que não conhecemos.

O Tidal já desenvolveu uma câmara que trabalha debaixo de água que trabalha em conjunto com visão de computador e outras técnicas de inteligência artificial para controlar e monitorizar os milhares de peixes que existem enquanto os mesmos se desenvolvem. Os componentes eléctricos tiveram que ser desenvolvidos para aguentar temperaturas muitos baixas, a pressão muito alta e o sal que existe na água do mar. Este sistema também consegue interpretar comportamentos que não são visíveis para os produtores de peixe.

Através da informação sobre alimentação e comportamento, bem como informação sobre a temperatura e os níveis do oxigénio, os produtores de peixe conseguem fazer decisões mais inteligentes sobre como a gestão do seu negócio. A verdade é que se conseguirmos peixes mais saudáveis, significa que usamos menos antibióticos e assim baixamos os aspectos negativos tanto para o oceano como para o Ser Humano.

Este projecto até pode parecer novo mas já está a trabalhar à cerca de 3 anos. Existem câmaras deste projecto em operação tanto na Europa como na Ásia.

A verdade é que os peixes por si só têm uma pegada ambiental pequena e são o alimento principal de muitas pessoas. Em conjunto com esta informação, é bom saber que a tecnologia está a ser usado para com este tipo de objectivos e não só o de criar telemóvel ou jogos novos.

De referir que este projeto Tidal é criado com o apoio da Alphabet, empresa detentora da Google e que tem uma área para projetos diferentes, intitulada de Divisão X.

Fonte:  The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here