Surpresa: Sony vai dedicar-se à produção da PlayStation 4

A escassez dos chips tem afetado diversas empresas um pouco por todo o mundo, e as consolas da Sony não foram excepção. Aliás, basta pensar que não encontra a nova Playstation 5 à venda nas lojas, o que além de ser o reflexo da grande procura que ainda há pela nova consola, apesar de já estar no mercado há mais de um ano, mas com o aumento da procura, a falta de semicondutores não permite que a produção acompanhe a procura.

Ora, qual seria a lógica natural para resolver este problema? Aumentar a produção de novas consolas Playstation 5, correto? Errado. Na verdade, a Sony anunciou que o que vai fazer é aumentar a produção da Playstation 4.

Recorde-se que a empresa pretendia parar de produzir a PlayStation 4 no final de 2021, contudo agora viu-se sem alternativas. De acordo com uma fonte anónima, a estratégia passará por criar cerca de um milhão de unidades PS4 este ano, com o intuito de compensar a paragem de produção da PS5. Tendo em conta que é mais barato para a PlayStation produzir a versão 4, a empresa pode abrir uma nova oportunidade de negociação com os seus fabricantes.

Entretanto, um porta-voz da Sony anunciou oficialmente que a produção da PlayStation 4 iria retomar este ano, e anunciou que a empresa não pretendia parar a sua produção: “É uma das consolas mais vendidas de todos os tempos e sempre há cruzamento entre gerações”, disse a empresa.

O principal objetivo da Sony com a PlayStation 5 era fazer uma rápida transição para um hardware mais recente, referiu o chefe da PlayStation, Jim Ryan . Mas a pandemia de Covid-19 desacelerou o desenvolvimento de hardware em toda a indústria de jogos, ao mesmo tempo que provocou um aumento na procura de hardware, tornando até os componentes mais básicos escassos.

Sem dúvida que a área do gaming é uma das áreas mais importantes para a Sony e das que lhe confere maiores receitas, contudo, a empresa já mostrou que pretende desenvolver novas formas de potenciar o seu crescimento e, já este ano, durante a edição da CES, a Sony anunciou um novo sistema de realidade virtual, apelidado de PlayStation VR2.

Mas não haja dúvidas: a continuidade da produção da Playstation 4 é, unicamente, com o objetivo de continuar a ter receitas, numa altura em que a produção da Playstation 5 está muito limitada, além de, assim, não arriscar perder possíveis clientes para as consolas da Microsoft.

Fonte: Bloomberg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui