Supremo Tribunal de Londres considerou a Uber legal

uber-logo

O argumento destes processo iniciado pelos taxistas britânicos era que a aplicação funcionava da mesma forma que o taxímetro, ideia que o tribunal rejeitou.

São vários os processos em tribunal do países europeus, maioritariamente com resultados contra a empresa norte-americana, tal como também aconteceu em Portugal, apesar de o serviço ainda continuar a funcionar em Portugal devido a pormenor legal.

E no Reino Unido houve decisão favorável à Uber, pelo Supremo Tribunal de Londres que recebeu um pedido de esclarecimento por parte do Transport for London. Segundo o Supremo Tribunal de Londres, o taxímetro não se compara à aplicação da empresa, já que o taxímetro não incluí um dispositivo GPS para calcular o preço pago pelo cliente, ao contrário da Uber.

A Uber congratula-se com a decisão britânica, mas chama a atenção para uma outra proposta sob consulta, que pretende proibir a possibilidade de partilhar carros e de obrigar a uma espera obrigatória de 5 minutos entre o pedido de motorista e o começo da viagem.

Fonte: The Guardian

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here