Sul coreanos utilizam Kinect para proteger a fronteira do país

KinectO Kinect não é apenas um acessório de diversão, neste caso é também uma ferramenta de segurança. Pelo menos é isso que está a acontecer na fronteira entre as duas Coreias, onde o Kinect é utilizado pelo país a sul para proteger a Zona Desmilitarizada.

Esta zona consiste numa faixa com quatro quilómetros de largura que divide a Coreia do Sul e do Norte desde 1953 e é ocupada por militares de ambos os países.

Contudo, os Kinect utilizados na fronteira não são exatamente iguais ao que acompanham a Xbox 360 ou, mais recentemente, a Xbox One.

Neste caso, o acessório utiliza um software especial criado pelo programador Jae Kwan Ko que deteta pessoas ou objetos que tentem cruzar a fronteira. O dispositivo consegue diferenciar humanos de animais ou objetos, emitindo um alerta cada vez que deteta uma pessoa naquela área.

Como o aparelho é utilizado para garantir a segurança do país, há muito poucos detalhes disponíveis sobre o software ou possíveis modificações que tenham sido feitas, mas algumas atualizações podem estar para breve.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here