Uma start-up que quer construir um coração em 3-D

blank

A BioLife4D é uma star-up que planeia dar um passo à frente no que diz respeito à impressão 3D. Na saúde, a tecnologia já tem surpreendido ao serem criadas próteses e até mesmo um crânio que possibilita uma melhor qualidade de vida aos pacientes. Mas esta empresa quer imprimir um coração humano usando as próprias células do doente.

O CEO da BioLife4D Steven Morris, reforça as vantagens da tecnologia, capaz de melhorar ou mesmo salvar a vida daqueles que esperam por um transplante de coração.

O processo de “bioprinting” tem inicio com uma ressonância magnética que digitaliza o coração do paciente. De seguida, é tirada uma amostra de sangue para que as células sejam convertidas em células do coração. Estas alimentam a impressora que fará o restante trabalho.

Se resultar, o processo poderá ser aplicado a outros órgãos como os rins e o fígado.

Fonte: USA Today

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here