Spotify quer promover NFTs na sua plataforma

Já lá vai o tempo em que as plataformas surgiam com um propósito e mantinham-no inalterado durante anos e anos. O Spotify, conhecida plataforma de streaming de música, para além de promover artistas e divulgar músicas na sua plataformas, com, o tempo, deu a possibilidade de os artistas venderem o seu merchandising, e colocar informação sobre concertos. Agora, a empresa pretende promover NFTs.

De momento esta novidade encontra-se em fase de testes, e, de acordo com o Music Ally, já é um recurso que pode ser testado para alguns artistas norte-americanos, como Steve Aoki e The Wombats. De momento apenas está disponível em Android.

O site Music Ally refere-se ao processo de visualização de NFTs como simples, acrescentando que ao abrir a página do artista, para além das músicas, também vão aparecer a galeria de NFTs, onde estará um link que encaminhará para a página OpenSea do NFT, onde pode ser comprado.

Spotify

Num comunicado, o Spotify referiu que neste momento está “a conduzir testes que poderão ajudar artistas a promover a sua oferta” no segmento dos NFTs. “Conduzimos testes com frequência por forma a encontrar novas funcionalidades que melhorem as experiências dos nossos artistas e fãs”, disse um responsável pelo projecto.

De momento ainda não se sabe se este passo marcará uma importante viragem na empresa, fazendo com que o Spotify faça parte das “empresas tendências” que utilizam NFTs, mas sem dúvida que é um mercado importante para a empresa já que são muitos os artistas que têm lançado os seus tokens.

Entretanto, mais empresas estão a tentar seguir os passos do Spotify, contudo, parece que este aumento inicial pode já ter passado (pelo menos por enquanto). De acordo com o The Wall Street Journal, as vendas diárias de NFT caíram 92%, de 225.000 em setembro do ano passado para apenas 19.000 em 3 de maio. O número de carteiras NFT ativas também está em declínio, de cerca de 119.000 em novembro para 14.000 no final de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui