Spotify ameaça quem usa versões pirata da aplicação

Com 159 milhões de utilizadores em todo o mundo, o Spotify conta com apenas 55,3% de utilizadores que pagam para utilizar a plataforma de streaming de música. A proliferação de variantes pirata da aplicação na sua versão Premium levou a empresa a lançar um alerta.

Os utilizadores que pirateiam o Spotify Premium receberam um email de alerta sobre a prática. Nas versões alteradas os utilizadores não ouvem anúncios nem publicidade assim como podem escolher a música que querem ouvir de imediato. O email que o Spotify está a enviar a todos os utilizadores afirma que foi detetada “atividade anormal na aplicação que está a ser utilizada”, e por isso o acesso foi cancelado. A empresa adianta que «nenhum tipo de conteúdo está em risco».

O aviso completa que deverão ser desinstaladas variantes alternativas ou não autorizadas da aplicação, e vai até mais longe ameaçando utilizadores no caso de deteção de utilização de aplicações modificadas «não autorizadas e em violação dos termos de serviço, tendo o Spotify todos os direitos, inclusive o de suspender ou encerrar a sua conta».

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here