SpaceX volta a lançar, com sucesso, o Falcon Heavy

O foguetão Falcon Heavy, da SpaceX, o imponente lançamento conhecido pelas acrobacias aéreas dos seus propulsores e aterragens sincronizadas no regresso à Terra, subiu aos céus no domingo, 15 de janeiro, para entregar material de trabalho aos militares americanos que estão em missão espacial desde novembro. A notícia está na CNN e, mais abaixo, há um vídeo com algumas imagens do lançamento.

A missão, designada USSF-67, decolou do Kennedy Space Center na Flórida, marcando o quinto voo bem-sucedido do foguetão.

O Falcon Heavy estreou com pompa e circunstância em 2018, quando o CEO da SpaceX, Elon Musk, anexou ao lançamento o seu Tesla Roadster pessoal como carga útil de teste. O carro ainda está no espaço, percorrendo um caminho à volta do sol e com destino a Marte.

O foguetão seguiu nas suas missões de teste com dois lançamentos em 2019 antes de fazer um hiato de três anos; a maioria das missões da SpaceX não requer o poder amplificado do Falcon Heavy. Por outro lado, o foguetão Falcon 9 da SpaceX foi lançado mais de 60 vezes apenas em 2022, enviando dois grupos de astronautas ao espaço, bem como satélites Starlink e uma variedade de outras espaçonaves.

A SpaceX está agora a cumprir com os valiosos contratos de lançamento militar que assinou para o Falcon Heavy há alguns anos. O foguetão voltou a subir em novembro com o lançamento da missão USSF-44 dos militares dos Estados Unidos, e a decolagem de domingo, com seis cargas úteis num satélite, deu continuidade a essa missão. O Falcon Heavy também levou um satélite de comunicações, chamado Continuous Broadcast Augmenting SATCOM, para a Força Espacial dos Estados Unidos.

Após a missão de domingo, a empresa recuperou dois dos propulsores de primeiro estágio do foguete Falcon Heavy; este é um movimento exclusivo da SpaceX, que frequentemente recupera e reutiliza os seus propulsores de foguetões para reduzir o custo dos lançamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui