SpaceX poderá permitir à NASA explorar a lua Europa de Júpiter

Red Magic 6S

Um Falcon Heavy, ou outro grande foguete SpaceX, poderia levar a missão Europa Clipper da NASA para a gelada lua de Júpiter, Europa, que esconde um oceano subterrâneo que muitos cientistas pensam ser capaz de suportar vida alienígena.

Um esboço de um projeto de lei de investimentos do Congresso, divulgado ontem, abre as portas para a empresa de foguetes de Elon Musk, ou mesmo um concorrente como a Blue Origin, de Jeff Bezos, para fornecer a boleia que enviará uma sonda para orbitar o sistema joviano até 2025 e uma sonda para a lua Europa até 2027.

“A Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço deverá usar o Sistema de Lançamento Espacial, se disponível, e também os 10 veículos de lançamento para as missões em Júpiter e seus satélites”, lê-se no projeto de lei.

Essas duas palavras – “se disponíveis” – são novas. No passado, o Congresso vinculou dinheiro para uma missão a Europa com o requisito de que a NASA usasse o seu Sistema de Lançamento Espacial. Mas o SLS está lamentavelmente atrasado e acima do orçamento há anos. E a SpaceX vem trabalhando recentemente no programa interno de desenvolvimento de foguetes da NASA, com a bem-sucedida estreia do Falcon Heavy.

O SLS está a mostrar-se muito mais caro do que o que a SpaceX poderia oferecer, e nem está ainda claro se estará pronto para ir a Júpiter até 2025 neste momento.

O projeto também prevê mais de US $ 400 milhões para a NASA construir a sonda que irá orbitar a lua Europa.

Europa é uma das maiores luas de Júpiter, e possui um oceano subterrâneo com milhares de quilómetros de profundidade. As águas desse oceano global é aquecido por efeito de maré (órbita Júpiter/Europa), criando o calor e energia que a vida necessita para se desenvolver. Essa imensa atividade geológica na lua é visível à sua superfície, através das rachas na crosta de Europa.

Fonte: CNET

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here