Sony Mobile vai cortar mil postos de trabalho, maioria na Suécia

A divisão de dispositivos móveis da Sony continua em transformações. Depois da separação com a Ericsson, a empresa japonesa ainda está a tratar das mudanças estruturais. O gabinete principal da divisão vai passar da Suécia para o Japão.

No total a fabricante nipónica anunciou o corte em 15 por cento da força de trabalho da Sony Mobile. Além da intenção em relocalizar o centro de decisões de Lund, Suécia, para Tóquio no Japão até ao final de outubro de 2012, a empresa anunciou ainda que as reestruturações vão afetar a sucursal em Pequim, China. As alterações no quadro da empresa estendem-se até aos cargos executivos de maneira a que cada sítio consiga reaproveitar melhor as responsabilidades que têm dentro do sistema da divisão móvel da Sony.

“Nós estamos a acelerar a integração e convergência com o principal grupo Sony para continuarmos a melhorar as nossas ofertas, e para termos uma estrutura operacional mais focada e eficiente que ajudará a reduzir os custos da Sony Mobile”, referiu Kunimasa Suzuki, CEO da divisão móvel da Sony.

A Sony espera ainda que com a redução de custos e a crescente procura do mercado móvel possam levar a empresa a gerar lucros nos próximos meses. Conseguir uma melhor eficiência de mercado, uma melhor gestão na cadeia de abastecimento e uma melhor integração dentro do grupo Sony principal são outras razões apontadas pela marca oriental para os cortes anunciados.

Dos mil postos de trabalho que vão ser eliminados, a parte sueca será a mais afetada. Ao todo são 650 trabalhadores e cerca de 350 consultores que até março de 2014 deixarão de trabalhar na Sony Mobile. Apesar dos cortes anunciados, a empresa japonesa garantiu que a cidade de Lund continuará a ser um centro importante para o desenvolvimento dos dispositivos móveis, sobretudo a nível de software e aplicações.

A Sony concluiu a separação da Ericsson nos últimos meses de 2011, o que levou ao fim da marca Sony Ericsson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here