Sony à frente na corrida das consolas de realidade Virtual

A Sony não participou no maior evento de jogos deste ano, o E3, e a Microsoft atacou com o seu Xbox, com uma série de anúncios de novos jogos, serviços e um série de detalhes sobre a sua consola da próxima geração, com o nome de Project Scarlett.

É muito difícil para os fãs de gaming declararem um sistema melhor do que o outro, pois o futuro dos jogos é RV (Realidade Virtual – VR) e quanto mais tempo a Microsoft ignorar, maior será seu erro.

O Xbox Live não foi o primeiro serviço que permitiu que as pessoas jogassem jogos multiplayer, mas foi o que o abriu para o mercado de consolas. PPSVR fez isso para RV quando foi lançado no PS4.

A RV é literalmente uma mudança de jogo. Pode não ser para todos, mas aqui está um facto divertido: o PS4 é das consolas mais vendidas de todos os tempos, e um em cada 20 proprietários também tem PSVR. Isso significa que os desenvolvedores têm uma probabilidade maior de ver o seu trabalho a dar frutos com PSVR do que na maioria das plataformas de RV. E bons jogos exigem desenvolvedores apaixonados e motivados.

Sabemos que o PS5 suportará RV , na forma PSVR.

Isso deve acabar com qualquer ideia de que o PSVR 2 será lançado com a próxima consola. O hardware de realidade virtual é caro e chegamos ao ponto de saturação quando se trata de alterações precoces. O atual PSVR funcionará com o PS5, e vale muito a pena.

Deixando de lado a rivalidade Sony-Microsoft, PSVR é atualmente a melhor opção para os jogadores de RV que não podem pagar por um PC de primeira linha. E mesmo se puder, apenas o Viveport Infinity bate em termos de valor de jogo. E o único recurso fantástico que o Rift e o Vive têm sobre o PSVR é a capacidade de se conectar sem fio. Poderá pagar mais e obter uma melhor fidelidade, mas ainda precisará de um grande equipamento para executá-lo. Um equipamento que não vai jogar MLB: The Show 19 ou Everybody’s Golf VR .

A julgar pelo compromisso da Sony com a RV, é provável que a PlayStation esteja a construir o PS5 com o PSVR em mente. O que surpreende, no entanto, é a aparente falta de interesse da Microsoft neste campo. Nesse caso, parece que a empresa não tem nada a dizer. Dono do Minecraft , estreou a nova versão do RA na conferência de desenvolvedores da Apple.

O PSVR sempre foi um bom investimento para os proprietários do PS4. Mas o compromisso da Sony em levá-lo para a próxima geração de consolas significa mais do que apenas uma extensão do seu investimento. Significa que a Realidade Virtual (RV) encontrou uma casa com o PlayStation.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here