Sono Motors anuncia planos para expandir vendas de carros elétricos movidos a energia solar

Sono Motors  startup de automóveis elétricos sediada na Alemanha, divulgou ter tensões de expandir para Holanda o seu mercado de veículos elétricos movido a energia solar, mais precisamente, o Sion.

O Sion está equipado com baterias, que permitem uma autonomia razoável a um preço acessível. Mas o que distingue este automóvel dos restantes no mercado é o facto de este possuir também um sistema de células fotovoltaicas integradas na carroçaria que permitem carregar o carro, ainda que de forma mais lenta.

A pergunta que eventualmente se põe pela maioria das pessoas é se uma startup com apenas dois anos será capaz de fazer aquilo que nenhum fabricante automóvel fez até aos dias de hoje. A resposta para isto coloca-se no modelo desenvolvido. O modelo Sion que está já em fase final de testes, coloca o sistema de carregamento das baterias como um excelente atrativo, neste caso, é precisamente aquilo que distingue esta proposta de veículo. Falamos da Sono Motors, empresa sediada em Munique e fundada em 2016, que planeia introduzir no mercado, já no próximo ano, um carro solar 100% eléctrico, o que pode ser considerado um plano ambicioso.

Para mais informações acerca do Sion da Sono Motors: Start-up alemã está a desenvolver carro que se recarrega enquanto se conduz com energia solar

Com 330 células fotovoltaicas espalhadas pela carroçaria, do tejadilho às laterais, passando pelo capot, o Sion está a ser testado sob o intenso sol da Baviera, com a Sono Motors a prometer que, num dia, o modelo é capaz de gerar energia suficiente para percorrer mais 30 km, sendo certo que isso dependerá sempre das condições de luz e do número de horas que o Sion esteja estacionado. Mas o modelo, que anunciará à volta de 250 km de autonomia em condições reais de utilização, também pode ser recarregado numa tomada convencional, o que faz com que esta proposta seja ainda mais apelativa, uma vez que não está limitada ao carregamento solar.

O preço do Sion é de € 16.000, mas os compradores terão que pagar uma taxa adicional para adquirir a bateria ou pagar uma taxa mensal – semelhante ao esquema usado pela Renault com o Zoe.

O facto de este automóvel ter um preço tão apelativo é motivo para que a empresa tenha 6.795 reservas para um carro que ainda nem sequer completou a fase de testes.

Fonte: Electrek

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here