Snapchat traz as principais funções para a versão web

Os recursos do Snapchat, como zapping, chat e videochamadas, estão a chegar à versão Web através de um novo aplicativo da web, marcando assim a primeira vez que a empresa disponibilizou o seu serviço além dos smartphones.

Com o Snapchat na versão Web, os utilizadores pode fazer login com a sua conta do Snapchat e enviar mensagens privadas ou ligar para os amigos. Inicialmente, a plataforma da web estará apenas disponível exclusivamente para os assinantes do Snapchat Plus e é o primeiro grande lançamento do recurso desde que o Snap anunciou o seu nível pago em junho. Os Assinantes nos EUA, Reino Unido, Canadá, Austrália e Nova Zelândia irão ter acesso primeiro. O Snapchat irá ser compatível apenas com o navegador Chrome do Google e não com o Safari da Apple como anunciado anteriormente pela empresa.

Embora o Snapchat tenha sido criado como um aplicativo de mensagens visual, o seu chefe de produto de mensagens, Nathan Boyd, diz que uma oferta na web faz todo o sentido visto que os seus utilizadores usam o computador com muita frequência. O Snapchat Web irá oferecer aos utilizadores um espaço extra para conversar e ligar na mesma janela.

O Snap posiciona-se principalmente como uma plataforma AR para as suas Lenses, mas o principal uso do aplicativo ainda é as mensagens e chamadas privadas. Isso coloca a versão web do Snapchat em concorrência com o Discord e o WhatsApp da Meta, que também está disponível para desktop. Boyd diz que 100 milhões de pessoas ligam-se no Snapchat todos os meses, gastando em média mais de 30 minutos por dia, e que conversar é normalmente a última coisa que as pessoas fazem antes de fechar o aplicativo.

“Estamos sempre a procurar maneiras de conhecer a nossa comunidade e onde eles estão”, disse Boyd numa entrevista. “Dava a ideia que era uma oportunidade que não estava a ser aproveitada.”

Lançar a expansão da web para os assinantes primeiro sinaliza que a empresa está a levar a sério o seu nível pago como uma maneira adicional de ganhar dinheiro. A Snap está sob pressão como nunca antes para monetizar os seus 332 milhões de utilizadores ativos diários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui