Snapchat limita sugestões de amigos para adolescentes

O Snapchat está a implementar uma nova funcionalidade de segurança, na qual limita as sugestões de amigos que os adolescentes conseguem ver na aplicação. As crianças com idades compreendidas entre os 13 e 17 anos vão visualizar apenas as sugestões que tenham “um certo número de amigos em comum com essa pessoa” por meio do recurso de sugestão de amigos do Snapchat, chamado Quick Add.

O recurso em questão não irá impedir que determinados indivíduos adicionem adolescentes na rede social, mas certamente dificultará a conversação com adolescentes que não conhecem na vida real.

 A plataforma também planeia adicionar novas ferramentas de controlo parental, sugeridas no ano passado, oferecendo “aos pais mais informações sobre com quem os seus filhos estão a dialogar”, e ainda permite que os adolescentes tenham uma sensação de privacidade.

Este tipo de alterações surgem numa fase em que a a aplicação de mensagens de multimédia, Snapchat está a lutar para impedir que os utilizadores explorem a plataforma de tráfico de drogas, após a ocorrência de uma epidemia de fentanil que está a afectar tanto adultos como os jovens. O Snapchat relata que está a melhorar o rastreamento de conteúdo relacionado com tema de estupefacientes, aumentando a sua taxa de detecção proativa em 50% desde o mês de Outubro.

No ano passado, um relatório da NBC divulgou a informação sobre os jovens adultos que utilizam a plataforma com a finalidade de adquirir drogas prescritas e recreativas, como é o caso de fentanil. Desde então, o Snapchat adicionou medidas de segurança, como o portal educacional Heads Up, que alerta os utilizadores sobre os riscos do fentanil. Além disso, criou também ferramentas de denúncia para combater actividades relacionadas com as drogas.

Outras plataformas de redes sociais, com o TikTok e Instagram também estão a enfrentar a pressão para lidar com as vendas de drogas nas suas redes, devido a um número crescente de mortes de adolescentes relacionadas com drogas ilícitas.

Fonte: the verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui