Smartphones chineses representam 53% do mercado indiano

16 de Fevereiro de 2018
2 Partilhas 33 Visualizações
Passatempo Galaxy A7

O incentivo do governo indiano à produção local não está a resultar no que diz respeito à indústria de smartphones. O mais recente estudo do IDC aponta que as marcas chinesas dominam 53% do mercado da Índia.

O mercado indiano de smartphones continua em franco desenvolvimento. A Xiaomi, Honor, Lenovo, OPPO e Vivo são as principais responsáveis por este número. Há apenas um ano a quota de equipamentos chineses vendidos na Índia representava apenas 34%.

As regiões com menos recursos económicos são as principais zonas de sucesso dos equipamentos chineses, bem posicionados em termos de preço. Naquelas regiões do país há ainda a assinalar a escassez de comunicação de equipamentos de fabrico local como os telemóveis da Micromax e da Intex.

Para fazer face à invasão chinesa o Ministro das Finanças da Índia, Arun Jaitley, aumentou as taxas aduaneiras aplicáveis aos smartphones de 15 para 20 por cento. Esta medida visa aumentar o emprego na área dos telemóveis, e pretende também forçar os chineses a abrirem fábricas no país.

Artigos interessantes

Linha Enjoy da Huawei já vendeu mais de 45 milhões de unidades
Huawei
23 Visualizações
Huawei
23 Visualizações

Linha Enjoy da Huawei já vendeu mais de 45 milhões de unidades

Wagner Pedro - 19 de Outubro de 2018

Recentemente, a Huawei anunciou dois novos smartphones da linha Enjoy na China: o Enjoy Max e Enjoy 9 Plus. Durante…

Guerra económica. A indústria robótica da China sofre um pesado abrandamento.
Tecnologia
20 Visualizações
Tecnologia
20 Visualizações

Guerra económica. A indústria robótica da China sofre um pesado abrandamento.

José Candeias - 19 de Outubro de 2018

As vendas de robots industriais na China, o maior mercado do mundo para esta indústria, vão voltar a crescer em…

Essential demite cerca de 30% dos seus funcionários
Diversos
30 Visualizações
Diversos
30 Visualizações

Essential demite cerca de 30% dos seus funcionários

Wagner Pedro - 19 de Outubro de 2018

Há três anos, nascia a Essential Products, uma startup fundada pelo co-criador do Android Andy Rubin. Infelizmente, a empresa não obteve…

Comente

O seu email não será publico

Partilhe nas Redes Sociais

Se gosta do artigo, partilhe com os seus amigos