Smartphone da Samsung explodiu e incendiou automóvel

Pode parecer uma notícia antiga, mas não é. Aconteceu no passado dia 21 de maio mas só durante esta semana foi divulgada na imprensa. Uma mulher em Detroit alega que o seu smartphone explodiu e que iniciou um incêndio no seu automóvel, acabando por o destruir completamente. Os bombeiros parecem confirmar esta acusação.

Não foi há muito tempo que a Samsung se viu em problemas com o seu Galaxy Note 7, que acabou por ser retirado do mercado. Também é verdade que de tempos a tempos lemos notícias sobre smartphones que explodem. Mas, neste caso, a consequência pode ter sido algo mais grave.

Segundo ABC 7, que divulga esta notícia, a mulher tinha em sua posse um Samsung Galaxy S4 e um Samsung Galaxy S8, sendo que na história não especifica qual dos equipamentos é que entrou em combustão e gerou o incêndio. A pessoa em causa percebeu o início da explosão e apenas teve tempo para sair do automóvel, sendo que o incêndio acabou por causa a destruição do veículo.

O site contactou os Bombeiros de Detroit que verificaram e confirmaram que um dos equipamentos iniciou o incêndio, sem especifica qual dos modelos é que causa o problema.

O advogado da vítima Gerald Thurswell, a vítima permanece anónima, indica que já contactou a Samsung nos EUA e que da parte da empresa houve uma rápida resposta. A empresa pediu acesso aos veiculo e aos equipamentos para, também da sua parte, iniciar uma investigação à situação.

Segundo o advogado, a vítima está com problemas em dormi e apresenta medo emocional que está relacionado com o incêndio. O advogado referiu que não foi apresentada qualquer queixa devido à situação, o que significa que acredita numa resolução do problema.

A Samsung, também já divulgou um comunicado ao site sobre o assunto, afirmando que a empresa garante a qualidade e segurança dos milhões de dispositivos que tem nos EUA. Indicam que estão a realizar uma investigação completa sobre o assunto para perceber qual o problema. Enquanto a mesma não terminar, não é possível saber qual a verdadeira causa do acidente.

Esperamos que isto não volte a acontece.

Veja também...

Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar de