Sistemas wireless de carregamento de carros elétricos prestes a ser padronizado

A indústria dos carros elétricos está prestes a padronizar os sistemas de carregamento wireless.

Duas das maiores empresas do mercado, a WiTricity e a Qualcomm, uniram-se para criar um sistema harmonizado de soluções que deverá padronizar o processo de carregamento wireless em viaturas elétricas. Para se perceber a evolução até aqui, a WiTricity é uma empresa especializada em tecnologia de carregamento wireless para automóveis elétricos, nascida no MIT, e adquiriu toda a propriedade intelectual desenvolvida pela Qualcomm neste segmento. Deste negócio, certamente vai resultar uma maior padronização do sistema que é utilizado para alimentar as baterias dos carros elétricos.

A compra vai dar à WiTricity o acesso a mais de 1.500 novas patentes relacionadas com aplicações elétricas para automóveis, pelo que a empresa poderá melhorar o seu sistema wireless e expandir o seu raio de influência.

Pormenores técnicos

O sistema da WiTricity consiste numa base colocada no chão que emite um campo magnético capaz de alimentar as baterias de um veículo elétrico que sobre ela seja estacionado. Em 2016, a empresa apresentou um protótipo desta tecnologia, em parceria com a General Motors, e anunciou que a mesma era compatível com todos os carros elétricos. Pendentes estavam apenas os acordos de licenciamento que chegaram, em primeiro lugar, pela Toyota e pela Delphi.

Neste campo, a Qualcomm competia com o Halo. O produto tinha no seu núcleo uma tecnologia desenvolvida pela Universidade de Auckland, em 2011, que foi adquirida pela empresa norte-americana num negócio “multimilionário”. A versão atual do produto sugere que um carro esteja em constante carregamento, através de sensores Halo que seriam instalados nas estradas e em veículos comuns. No melhor dos cenários, o carregamento tradicional deixaria de ser um problema para o condutor.

Tanto a WiTricity como a Qualcomm estavam a trabalhar para ultrapassar a pouca conveniência que acompanha as atuais tecnologias de carregamento de veículos elétricos, que depositam muito esforço no condutor, por culpa da necessidade de conectar diferentes cabos a diferentes tipos de portas. Ao unificar e simplificar este processo, a indústria dá um passo na direção da harmonização que se ambiciona alcançar para um maior crescimento da indústria dos elétricos, como diz o CEO da WiTricity, Alex Gruzen.

Fonte: Forbes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here