Siri pode ajudar a dar respostas acerca do novo coronavírus (Convid-19)

Red Magic 5G

Foi durante este fim de semana que a assistente virtual da Apple, a Siri, ganhou umas novas capacidades e foi reforçada com mais informações, desta feita acerca do grave problema que assola o mundo, o COVID-19. A Apple decidiu fortalecer a Siri de modo a poder responder e esclarecer dúvidas que os utilizadores lhe coloquem acerca do coronavírus.

Para já apenas encontra-se disponível nos Estados Unidos da América mas ainda não sabemos se a marca terá nos planos futuros extender a outros países, mas seria uma ferramenta, mais uma para ajudar todos a combater esta pandemia.  Por enquanto no Estados Unidos da América a Siri irá se basear no Serviço Publico de Saúde e dos Centros de Controlo de Doenças, e apartir daí obter dados para poder esclarecer dúvidas aos utilizadores.

Assim e dependendo das questões e respostas dos clientes a Siri irá dentro da medida da possível efectuar uma pequena “triagem” em termos de informação ao esclarecer o que o utilizador deverá fazer em termos de procedimentos mediante o que o mesmo fôr respondendo. Inclusive a Siri poderá eventualmente e mediante as respostas às questões, efectuar a chamada para os serviços de emergência ou para o seu médico de família.

O comando que irá despoletar a Siri para tratar das questões especificas relativas ao coronavírus é “Hey Siri, do i have coronavirus?” ou então também “Hey Siri, i think i have COVID-19”. De seguida a Siri irá lhe questionar sobre se possui alguns sintomas tais como febre, tosse seca ou falta de ar. Em caso de respostas positivas, a assistente virtual irá lhe perguntar qual a intensidade que sente em cada sintoma que indicou anteriormente, e dependendo das respostas a própria Siri vai lhe dar a hipótese de ligar automaticamente caso você pretenda para os serviços de urgência.

A todos aqueles que não tenham sintomas, a Siri irá lhes perguntar se estiveram expostos ou em contacto com alguém que tenha sido diagnosticado positivo com o COVID-19. Aos utilizadores que responderem que sim a determinadas perguntas que a assistente irá lhe fazer, vai lhe ser aconselhado a que fique por sua iniciativa em isolamento ou que contacte posteriormente um médico caso surja entretanto algum sintoma, ou que a sua idade seja superior aos 65 anos ou com alguma doença grave já previamente diagnosticada.

Fonte: AppleInsider

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here