WhatsAppSir Nick Clegg criticado por motivos de segurança

Red Magic 3S

Investigadores de segurança criticaram o chefe de comunicação do Facebook, Sir Nick Clegg, devido à sua resposta ao pirateamento ocorrido ao chefe da Amazon, Jeff Bezos. O telemóvel de Jeff Bezos foi alvo de hackers em maio de 2018 após ter recebido mensagens através do WhatsApp que continham malware.

Numa entrevista dada à BBC, Sir Nick afirmou que as mensagens encriptadas do WhatsApp não poderiam ser alvo de hackers. Sir Nock também falhou em reconhecer as falhas de segurança que a aplicação tem, o que levou que a mesma tenha sido alvo de um ataque de hackers.

O telemóvel de Jeff Bezos ficou comprometido após a recepção de uma mensagem na aplicação em questão que continha malware. A mensagem vinha de um número pessoal do principe Mohammed bin Salman, da Arábia Saudita (informação divulgada pelo jornal The Guardian, o jornal que revelou a história).

Uma investigação realizada após o ataque leva a acreditar que o telemóvel começou a partilhar secretamente uma grande quantidade de informação após a recepção da mensagem com malware.

Quando questionado sobre o ataque, Sir Nick afirma que o ataque não pode ter tido nada a ver com o tempo em que a mensagem esteve em transito pois o WhatsApp é encriptado., garantindo que tem a certeza que a tecnologia em questão não pode ser alvo de ataques piratas.

No entanto, investigadores de cyber segurança notaram falhas de segurança no software do WhatsApp. Dois problemas significativos foram identificados em 2019. Um hacker conseguir instalar remotamente software de vigilância nos telemóveis através da inicialização de uma chamada de voz, mesmo que o destinatário não atenda. Outras ferramentas de vigilância foram usadas através do envio de um ficheiro em MP4 infectado com o malware.

Sir Nick, em resposta, afirma que o malware só infecta se o documento for aberto

Mas estas vulnerabilidades permitem que os hackers instalem malware sem que o recipiente tenha que fazer alguma coisa. Perante este argumento, Sir Nick não comentou mais.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here