Serviços do Signal voltam a funcionar

O Signal aprendeu talvez não da melhor maneira que as boas notícias nem sempre são muito bem vindas quando as mesmas vêm em excesso.

Tal como o site Android Police relatou, os serviços do Signal conseguiram voltar a funcionar após um longo período de paragem superior a 1 dia. Mensagens e até mesmo sign-ins estiveram a funcionar de uma forma bastante inconstante e por vezes até impossível mesmo de serem utilizados.

Tudo causado pelo excesso de novos utilizadores que no espaço de poucos dias migraram do serviço rival Whatsapp para o Signal. Com uma grande quantidade de utilizadores preocupados com os novos termos de privacidade que o Whatsapp anunciou, muitos foram os que não concordaram e em forma de protesto acabaram por abandonar a plataforma de troca de mensagens mais utilizada do mundo para se inscreverem no Signal.

Segundo a empresa, esta quebra temporária dos seus serviços pode ter levado apenas a uns erros mínimos residuais tais como a perda de algumas mensagens. No entanto parece estar prometido actualizações da aplicação para breve, para correção desses problemas de forma automática.

Ao certo, ainda não se sabe o número em concreto de novos utilizadores que se juntaram ao Signal durante os últimos dias, mas dados adiantados pelo The New York Times avançam para cerca de 1.3 milhões de novas inscrições somente no dia 11 de Janeiro.

O serviço de mensagens Telegram foi também um dos que têm beneficiado com a migração de antigos utilizadores do Whatsapp, com 25 milhões de novas contas em apenas três dias.

O Whatsapp adiantou que o movimento de saída dos seus utilizadores resultou de pura confusão relativo aos termos de privacidade que podem ter sido mal interpretados. No entanto os danos já são um facto, e muitos continuam a acreditar que as suas conversas serão partilhados com o Facebook.

No entanto, os serviços do Signal conseguiram voltar a funcionar e parecem estar em plena atividade mesmo com a enorme procura que continua a acontecer.

Fonte: Engadget

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here