Senado Americano quer ouvir funcionário da Cambridge Analytica

 

O Senado Americano quer ouvir a Cambridge Analytica. A Comité do Comércio do Senado planeia convocar um funcionário da empresa para testemunhar ainda na sequência da utilização indevida de informação pessoal de milhões de pessoas no contexto das eleições americanas de 2016.

O painel pertence ao sub-comité dedicado à Protecção dos Consumidores, Segurança de Produtos, Seguros e Segurança de Dados. Este comité irá discutir os riscos à privacidade de informação pessoal e focar-se na empresa Cambridge Analytica, que apesar de ser uma empresa de consultoria com base no Reino Unido, actuou e utilizou informação americana.

O encontro acontecerá na próxima terça-feira. A presença de Aleksandr Kogan já foi confirmada pelo seu advogado.

Foi Aleksandr Kogan quem criou a aplicação que foi utilizada por mais do que 270.000 pessoas. Essas pessoas deram acesso à aplicação não apenas aos seus dados, mas também aos dados dos seus amigos. Segundo Zuckerberg, a aplicação conseguiu aceder à informação de cerca de 87 milhões de pessoas, que foi utilizada para construir perfis psicométricos. Esses perfis psicométricos serviram para criar e direccionar propaganda política.

Cambridge Analytica declarou falência…

A Cambridge Analytica e a sua parente, SCL Elections Ltd, anunciaram em Maio que tinham aberto falência tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos devido à falta de procura aos seus serviços na sequência do escândalo. Kogan afirmou em Abril que, pelo que lhe foi informado, toda a informação colecionada pela aplicação foi entretanto eliminada.

…mas uma nova empresa foi formada

A Cambridge Analytica pode ter fechado portas, mas o registo oficial do Reino Unido de empresas e organizações (Companies House) lista uma nova companhia activa chamada Emerdata Limited, que tem atrás de si virtualmente a mesma administração e os mesmos investidores que a Cambridge Analytica. Também se auto descreve como uma empresa dedicada a “processamento de data” e actividades relacionadas, a mesma área de negócio da Cambridge Analytica. A Emerdata foi fundada a meio de 2017 e tem estado activa deste que o escândalo da Cambridge Analytica rebentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here