Segurança online ameaçada se escolhe nomes de bandas para password

O Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido alertou para o facto de algumas das passwords mais pirateadas de todo o mundo serem nomes de artistas bem conhecidos como “blink182”, “metallica”, “slipknot”, “eminem” e “50cent”. Todas estas cinco passwords estão na lista de senhas de risco, que contém 100 mil passwords e que foi divulgada recentemente pela agência.

 

Outros exemplos de senhas de risco são “superman”, “batman”, “pokemon” e nomes próprios como “daniel” ou “jessica”. A simplicidade é, contudo, a maior das inimigas: senhas como “123456” ou “qwerty” são das mais pirateadas do mundo.

Em comunicado, o diretor técnico do Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido aconselhou os utilizadores a escolher senhas mais elaboradas. “Não usem o vosso primeiro nome, o do vosso clube de futebol ou o da vossa banda preferida. Recomendamos que utilizem três palavras aleatórias, mas fáceis de memorizar”, afirmou.

A pesquisa foi realizada em nome do CNCS UK e tem como objetivo alertar o público sobre os perigos das senhas mais comuns e da reutilização das mesmas – razão pela qual 61% das violações de dados ocorrem.

Também bastante comum é a mesma password ser utilizada em vários sites: mais de 52% das pessoas reutilizam-nas. Os hackers costumam estar muito atentos a estas listas de senhas mais comuns e testam-as com e-mails associados a diversos sites e serviços.

Para evitar este tipo de violações de dados deve ter uma password exclusiva para cada site. Um gerador de senhas pode ajudá-lo a encontrar combinações invulgares e mais difíceis de detetar. Além disso, os especialistas ingleses também recomendam fazer a autenticação de dois fatores em todas as suas contas, mas especialmente o e-mail.

A 1Password e a Dashlane são duas aplicações populares de gerenciamento de passwords que funcionam em diferentes plataformas.

O que os membros dos Blink-182 pensam sobre o nome do seu grupo aparecer na lista de más escolhas? Mark Hoppus e Travis Barker twittaram o relevante relatório do CNCS com uma mensagem a alertar para o facto mas, ao mesmo tempo, agradecendo aos fãs.

Fonte: Digital Music News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here