Segurança das redes wi-fi está a mudar

Depois de mais de uma década a usar o mesmo protocolo de segurança, os primeiros dispositivos que utilizam a nova norma WPA3 já estão a ser certificados pela Wi-Fi Alliance – a entidade que gere as normas ligadas às redes sem fios (Wi-Fi). A WPA3 é a norma de encriptação de comunicações sem fios que sucede à WP2 que já está em utilização desde 2004.

No ano passado, os especialistas deram conta de uma falha grave em matéria de segurança no protocolo WPA2, por isso, foi necessário começar a desenvolver um substituto. Esta falha permite a um atacante “escutar” e “roubar” as comunicações numa rede Wi-Fi e assim obter dados confidenciais. Esta falha recebeu o nome de KRACK (Key Reinstallation Attacks).

blank

Algumas empresas desenvolveram alguns patchs, mas a WiFi Alliance anunciou ainda em 2017 que ia começar a trabalhar no seu sucessor, o WPA3. O novo standard é mais forte em termos de segurança, já que aumenta o tamanho das chaves criptográficas.

Uma das grandes alterações que virão com o WPA3 é a proteção contra os ataques em que se tenta adivinhar a password em modo offline. Nestes ataques dados capturados da sua rede wi-fi são colocados num computador que tenta descobrir a password de rede. Com a norma WP3 um atacante só tem uma hipótese de descobrir a password antes desta ser inutilizada. Assim, os dispositivos podem ser configurados para ficarem protegidos contra tentativas repetidas de descobrir a password.

A outra novidade do WPA 3 tem a ver com a privacidade protege os dados contra ataques em diferido. Se um atacante conseguir captar e gravar dados a partir da rede e conseguir descobrir a password, não vai conseguir aceder ao dados que gravou.

É, ainda, de destacar o suporte para usar um smartphone ou um tablet para configurar segurança em dispositivos ioT e a suite de segurança de 192 bits para proteger redes com requisitos de segurança mais elevados, como no Governo ou no setor industrial, por exemplo.

Tal como o WPA2, o WPA3 chega também em duas versões: personal e enterprise. Para já o WP3 não é obrigatório nos novos produtos para redes sem fios; só quando chegar em massa o próximo protocolo de rede, o 802.11ax.

Fonte: Extreme Tech

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here