Se tem uma GPU da Nvidia atualize já! Saiba quais são as novidades

A mais recente atualização da placa gráfica NVIDIA, versão 531.18, trouxe uma série de melhoramentos à reprodução de vídeos no YouTube e não só. Graças ao novo algoritmo de aumento da IA, os utilizadores podem desfrutar de vídeos mais nítidos com uma qualidade de imagem melhorada.

Mas uma das importantes atualizações que estes drivers recentes permitiram, foi uma correção de um bug que a Nvidia já tinha confirmado: um consumo anormal de CPU.

O recente hotfix do driver 531.26 da NVIDIA está agora disponível para download, com a aplicação GeForce Experience ou a partir do seu site oficial. Este lançamento foi feito em resposta a um bug que apareceu em certos sistemas, causando um uso excessivo dos recursos da CPU pela aplicação NVIDIA Container que utilizava mais de até 10% da CPU no início de sessão ou ao fechar um jogo. Este problema foi notado por alguns utilizadores, que se queixaram de que o seu sistema se tornava lento. Felizmente, este último driver deve resolver o problema e restaurar o desempenho normal do sistema.

O algoritmo de upscaling AI só está disponível para as últimas séries de placas gráficas RTX 30 e 40, o que significa que qualquer outro modelo de placa não poderá aceder a esta funcionalidade. É compatível com a maioria dos vídeos baseados na web, desde que não estejam protegidos por Digital Rights Management (DRM), como acontece no caso da Netflix, Amazon Prime Video e outras plataformas de streaming com conteúdo de filmes e séries de TV.

Para o utilizar, tem de ter um browser construído com a última versão do Chromium como o Google Chrome ou o Microsoft Edge instalado e actualizado corretamente.

É interessante notar que a Microsoft também implementou o seu próprio algoritmo de upscaling, naturalmente apenas no Edge, que é compatível com um número maior de placas de vídeo, até mesmo da AMD (mas sempre apenas discretas). No entanto, essa tecnologia ainda está disponível apenas em Beta, na verdade ela apenas está disponível na versão mais instável do navegador, o Canary.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui