Scrabble vai banir insultos raciais e étnicos dos seus torneios

Red Magic 6S

Para quem não sabe o velho jogo Scrabble continua jovem e com torneios e tudo. Daí que a luta contra o racismo sistémico tem sido um objectivo para o Scrabble. Daí que esteja em curso um acordo para banir termos ofensivos, embora haja alguns jogadores que os usem para marcar pontos.

Para quem não saiba, Josephine Howers tornou-se numa jogadora de Scrabble classificada e competitiva há mais de uma dúzia de anos, e para comemorar esse facto, ela escreveu no seu tabuleiro de jogo personalizado com um dos seus ditos preferidos: “Nunca subestime o poder das palavras!”

É uma forma para lembrar constantemente que, mesmo quando as pessoas dizem que as palavras formadas num tabuleiro de Scrabble não têm qualquer significado, mesmo assim ainda podem magoar e até ofender.

Daí que Flowers, que é de cor, e vários outros membros da North American Scrabble Association, apelaram è organização para proibir o uso de um slur racial anti-Black, e até 225 outros termos ofensivos, do seu léxico.

Hasbro, que é quem detém os direitos de Scrabble, já tinha dito que tinha concordado em retirar todas as calúnias da sua lista de palavras para o jogo do torneio Scrabble, que é gerido exclusivamente pela NASPA. E John Chew, que é o chefe executivo da associação, parece estar de acordo, pois pediu ao conselho consultivo para deliberar sobre a questão.

Para quem não saiba, o jogo que a Hasbro vende desde 1994 não inclui calúnias. E o dito acordo pode afectar as palavras que podem ser jogadas nas versões online do jogo. Se é verdade que a Hasbro não tem qualquer controlo sobre as 192.111 palavras jogáveis na lista de palavras utilizadas pela associação de jogadores, também é verdade que não está nada ansiosa por ver calúnias associadas à sua marca.

Fonte: NYTimes

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here