Samsung volta a bater recorde de lucros

As coisas correm bem à Samsung. A Samsung Eletronics conseguiu quebrar o seu recorde de lucros num trimestre, de acordo com os dados avançados pela empresa. A Samsung espera ter feito $15.5 mil milhões em lucros entre Junho e Setembro de 2018. Este número representa um aumento de 20% numa análise ano a ano, e representa um aumento de 12% em relação ao recorde anterior da empresa.

Números impressionantes num contexto em que muitos falavam de uma possível crise devido às desapontantes vendas de smartphones em 2018.

Não existem ainda muitos detalhes

A Samsung ainda não lançou um relatório mais detalhado de quais departamentos foram responsáveis por estes excelentes resultados. Estes detalhes serão apenas lançados mais tarde. No entanto, já sabemos que as vendas do Galaxy S9 foram desapontantes. Assim sendo, o departamento de smartphones não deverá ser o responsável pelos lucros recorde.

Componentes como ecrãs ou dispositivos de memória deverão estar na lista das boas vendas da Samsung. O facto de a Apple ter lançado dois novos modelos de iPhone que recorrem a ecrãs OLED da Samsung com certeza ajudou a empresa a conseguir estes impressionantes resultados.

O trimestre anterior

O trimestre anterior foi caracterizado por uma quebra nas vendas de smartphones.  Segundo os relatórios financeiros detalhados do segundo trimestre de 2018, a empresa confirmou que suas vendas durante este período totalizaram US$ 52,28 bilhões. Este valor representa uma queda ano-a-ano de cerca de 4%. Por outro lado, o lucro operacional da fabricante subiu 6% em relação ao ano passado, totalizando US$ 13,28 bilhões.

A empresa disse que o aumento no lucro se deve em grande parte ao setor de semicondutores, que registou novamente um forte desempenho ao longo do trimestre. Porém, quando se trata da queda geral na receita, a Samsung listou alguns factores, como a menor demanda pelos displays OLED flexíveis e os preços mais baixos das telas LCD. No entanto, o setor de smartphones foi o que mais contribuiu negativamente.

Fonte: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here