Renault transforma o clássico modelo 4L em carro voador

Para comemorar o sexagenário aniversário do icónico modelo 4L, a Renault decidiu homenageá-lo transformando o veículo num carro voador futurista. Um projecto que visa mostrar como seria o modelo daqui a 60 anos.

O clássico francês, Renault 4L, fabricado entre os anos de 1961 e 1992, vendeu mais de 8 milhões de unidades em todo o mundo. As suas características e valores convenceram a empresa americana, TheArsenale, a colaborar em conjunto com a Renault na reinvenção de um 4L idealizado para circular ao longo de autoestradas virtuais, sem tráfego. O modelo chama-se AIR4 e é constituído inteiramente em fibra de carbono, mantendo idênticas as dimensões e linhas do 4L original, mas agora com diferentes capacidades dinâmicas.

As rodas de aço estreitas foram substituídas por quatro hélices de duas pás, uma em cada canto do automóvel. O sistema de propulsão é composto por baterias de polímeros de lítio  de 22.000 mAh que fornecem o total de 90.000 mAh de energia total.

blank

O veículo atinge uma velocidade máxima horizontal de 26 m/s, com uma inclinação que pode chegar aos 70 graus. Ao voar, pode alcançar até uma altitude de 700 metros, com uma velocidade de descolagem de 14 m/s mas, por razões de segurança, o limite é de 4 m/s. A velocidade de aterragem é de 3 m/s.

“Após 25 anos de investigação de olhos postos no futuro, acreditamos que os ícones da cultura automóvel são eternos, seja na terra ou no ar. Durante 60 anos, o Renault 4 tem sido conduzido por pessoas comuns, que o tornam extraordinário. É um automóvel que simboliza a aventura: é simples, prático, útil e tão moderno quanto retro. A maioria dos condutores dirão que este lhes permite viajar de forma diferente e viver uma aventura. Com o AIR4 do TheArsenale, o Renault 4 está pronto para uma das suas maiores aventuras até ao momento”, afirmou Patrice Meignan, CEO e fundador da TheArsenale

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here