Renault pode estar a planear dois novos SUVs para a fábrica do Reino Unido

Segundo informações avançadas pelo Financial Times, a construtora automóvel francesa, Renault pode estar em conversações com o seu parceiro estratégico, a Nissan para a fabricação de dois modelos SUV na fábrica, da nipónica, em Sunderland, no Reino Unido.

Os atuais modelos, o Renault Kadjar e o Captur partilham as mesmas plataformas que a construtora japonesa, com os Nissan Qashqai e Juke. De relembrar que o Renault Kadjar foi adaptado exclusivamente para o mercado português, especialmente em altura, de modo a ter uma exceção na tributação das portagens, sendo classificado como classe 1 (apesar da grande altura e robustez).

Estas informações vêm numa altura em que a Renault planeia o encerramento de uma das suas principais fábricas em Barcelona — esta que é responsável por 20% da capacidade de produção da francesa; onde também participa ativamente na exportação deste tipo de veículos, incluindo Portugal.

O plano de mover ou criar dois novos SUVs em Sunderland terá um efeito de segurança para os mais de 7 mil trabalhadores que operam nas sofisticadas edificações fabris da Nissan, ainda para mais, no pós-Brexit, onde o Reino Unido se afasta da União Europeia.

Estes avanços vêm numa altura em que a Nissan Europa se encontra a necessitar de uma restruturação, que tem tido como impulsionador, o CEO da Nissan, Makoto Uchida. O sucesso destas decisões poderão reforçar a atual aliança Renault-Nissan-Mitsubishi que tanto mexeu com o mercado em matéria de valorização de mercado e cotações em bolsa.

Este reforço vem numa altura em que a “Renault-Nissan Alliance” se encontra fragilizada face às acusações do governo japonês a Carlos Ghosn, Chairman da Renault e ex-CEO da Nissan, — onde também atuava como promotor/fundador da aliança entre ambas as construtoras.

Carlos Ghosn é acusado do desvio de fundos de uma das empresas da Nissan para a Renault, que poderá ter lesado o Estado nipónico em 4 milhões de euros. Com a detenção e fuga de Ghosn, o grupo Renault e toda a aliança ficaram bastante afetados ao nível da credibilidade.

Fonte Autocar

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here