Renault Arkana entra no mercado europeu em 2021

O Arkana foi o mais recente SUV da Renault a entrar nos mercados, um crossover destinado ao segmento C que está a ser vendido no mercado russo, tendo sido apresentado no salão automóvel de Moscovo em 2018. O modelo que estava previsto chegar em 2020 ao Brasil, no entanto, talvez por causa da pandemia, o projeto acabou por não acontecer.

O Renault Arkana chega agora, finalmente, ao mercado europeu como um crossover coupé já no próximo trimestre de 2021. Contudo, não desespere, se pretende adquirir o modelo no mercado europeu, poderá contar com um modelo mais luxuoso do que o comercializado na Rússia, especialmente por contar com a gama RS-Line de fábrica, incluindo a palete de cores que a marca do losango já nos tem habituado nos últimos cinco anos.

Este modelo conta com uma versão com a nova tecnologia E-Tech Hybrid da Renault que traz os conhecimentos da F1 na criação de uma caixa de velocidade que excluí sincronizadores da caixa de velocidades e a própria embraiagem. Esta versão permite ao Arkana arrancar em modo elétrico, circulando em modo elétrico até à segunda marcha, engrenando o motor de combustão a partir daí se procurar obter mais velocidade, nas marchas seguintes.

O interior do novo veículo da construtora francesa conta com o sistema de infoentretenimento R-Link 2 num tablet vertical em versões de 4,2 polegadas, 7 ou 10,2 polegadas, dependendo da escolha das opções de acabamento do novo Arkana. Além disso, este SUV coupé conta com um generoso espaço na bagageira de 513 litros, para as variantes não híbridas. Este modelo traz algumas semelhanças do Renault Mégane Grand Coupé que apresenta um espaço na mala superior ao Renault Mégane 2019 (versão carrinha).

O modelo lançado na Rússia era movido a um motor de combustão turbo a gás (fazendo parte das motorizações bi-fuel da Renault) de 1,3 litros. Ambas as versões de 142 cv e 162 cv estão equipadas com o motor híbrido a gasolina 1.3 TCe, equipando em ambas com uma caixa automática de dupla-embreagem, além da versão E-Tech Hybrid 140 mencionada anteriormente.

A construtora francófona, que já incluí o E-Tech Hybrid 140 no Clio, Captur e Megane afirma que a motorização “já foi objeto de mais de 150 patentes e se baseia na experiência da fabricante em veículos elétricos e F1“. Como refere François Laurent, diretor do programa Arkana, o “Arkana é outro exemplo de como a modernidade e a inovação estão enraizadas no ADN da Renault“.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here