Reino Unido quer atacar “elementos de faroeste” da internet com legislação

20 de Maio de 2018
2 Partilhas 34 Visualizações
Passatempo Galaxy A7

O Reino Unido irá atacar os “elementos de faroeste” da internet. O país quer controlar o cyberbullying e a exploração de crianças introduzindo novas leis para as empresas de redes sociais, anunciou o secretário de estado parao digital, Matt Hanckock, no Domingo.

Neste momento, é tempo de reflexão. O secretário britânico afirmou que o governo se encontra neste momento a consultar especialistas na matéria e que espera até ao final do ano apresentar um documento que coloque em cima da mesa as propostas para as legislações futuras, a serem aplicados “ao longo dos próximos anos”.

A ideia será colocar mais regulação naquilo que as redes sociais podem e não podem fazer. Este é um objectivo que diversos políticos do Reino Unido já tem demonstrado ao longo dos últimos tempos, mas as negociações pesadas do Brexit não tem deixado muito espaço temporal ou poder político para avanços concretos na área.

Faroeste?

“A tecnologia digital é maioritariamente uma força para o bem ao longo do globo e nós temos que ser sempre campeões em inovação e mudança para melhor,” disse Hancock (citado pela Reuters). “Ao mesmo tempo, eu tenho sido muito claro que nós devemos resolver os elementos de faroeste da internet através de legislação, de uma forma que ajude na inovação.”

Pouca informação concreta, mas as multas poderão ser pesadas.

O secretário de estado não concretizou as medidas que estão em mente, mas sublinhou que a legislação de protecção de dados que está a ser desenvolvida poderá multar as grandes tecnológicas em até 4% das suas receitas mundiais. Multas muito pesadas e sem precedentes em nenhum outro país.

Hancock sublinhou também que o governo britânico quer trabalhar com todos os elementos da sociedade, desde o digital até à cultura, para que as legislações introduzidas neste assunto possam ter um apoio alargado da sociedade civil do país.

“Eu não quero que os trolls ganhem,” disse o secretário.

Fonte: Reuters

Artigos interessantes

Xiaomi confirma que Black Shark 2 chegará em 23 de outubro
Telemóveis
28 Visualizações
Telemóveis
28 Visualizações

Xiaomi confirma que Black Shark 2 chegará em 23 de outubro

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Recentemente, surgiram informações que a Xiaomi lançaria o Black Shark 2 em 23 de outubro. Naquele momento, não podíamos confirmar que…

Asus Zenfone 4 Max recebe o Android 8.1 Oreo
Asus
31 Visualizações
Asus
31 Visualizações

Asus Zenfone 4 Max recebe o Android 8.1 Oreo

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Estava previsto que, em dezembro do ano passado, a Asus iria disponibilizar o Android Oreo para o Zenfone 4 Max, que…

Vivo Z3 chega ao mercado com Snapdragon 710 e tecnologia Dual Turbo
Diversos
20 Visualizações
Diversos
20 Visualizações

Vivo Z3 chega ao mercado com Snapdragon 710 e tecnologia Dual Turbo

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Na semana passada, a Vivo anunciou o Vivo Z3i na China. Agora, a fabricante chinesa veio a público para oficializar…

Comente

O seu email não será publico

Partilhe nas Redes Sociais

Se gosta do artigo, partilhe com os seus amigos